Memorial e centro de documentação do muro de Berlim

Memorial e centro de documentação do muro de Berlim

O centro de documentação do muro fornece uma visão geral da história do muro de Berlim

– © Günter Steffen
Außengelände: Gedenkstätte Berliner Mauer – © Jürgen Hohmuth, zeitort
Außengelände – © Jürgen Hohmuth, zeitort
Dokumentationszentrum Berliner Mauer – © visitBerlin.de-Koch
– © visitBerlin

O memorial do muro de Berlim recorda a divisão da Alemanha e transmite uma impressão sombria do muro e dos tempos da divisão.

Monumento

Diretamente situado na antiga zona fronteiriça da rua Bernauer Straße encontra-se um pedaço do muro de Berlim com corredores fronteiriços e torre de observação. A zona mostra a forma como os postos fronteiriços foram construídos e dá aos visitantes uma impressão marcante do edifício, que outrora dividiu o país.

Centro de visitantes

O centro de visitantes reinaugurado em 2009 é o primeiro ponto de contato para os visitantes e oferece informações e orientações no extenso terreno.

Centro de documentação

A exposição ilustrada no centro de documentação mostra a história do muro de Berlim em 1961 e a situação vivida na cidade dividida. A partir da torre, existe uma vista impressionante da parte preservada do posto fronteiriço e do monumento em memória da divisão da cidade e das vítimas da tirania comunista.

Capela da Reconciliação

A Capela da Reconciliação foi inaugurada em 2000. Neste local encontrava-se a igreja da reconciliação, que foi explodida em 1985, uma vez que se encontrava diretamente no "corredor da morte". Após a queda do muro, a Capela da Reconciliação foi construída sobre os alicerces sob a forma de taipa oval com um revestimento de ripas de madeira. Uma alusão às vítimas do muro é feita regularmente nas missas celebradas.

Postos de fronteira e estações abandonadas na Berlim dividida

A exposição na estação S-Bahnhof Nordbahnhof mostra um capítulo particularmente absurdo da história da cidade dividida. Algumas linhas de metro e de trem na Berlim ocidental atravessavam o domínio da RDA. As estações no lado da RDA, onde não era permitido efetuar paradas, foram emparedadas e abandonadas. Os trens provenientes da Berlim ocidental passavam pelas estações abandonadas, as quais eram chamadas de estações fantasma.

Nova ampliação

Atualmente, o memorial do muro de Berlim está a ser ampliado e prolongado em uma exposição ao ar livre no antigo corredor do muro de Berlim, no lado sul da rua Bernauer. No areal com 1,3 km de comprimento e 4,4 hectares de dimensão serão ainda integrados os vestígios restantes do muro, e a exposição é uma reminiscência dos eventos dramáticos ocorridos na rua Bernauer Straße. Em 2010 foi construída como elemento importante a "Janela da memória" no antigo cemitério de Sophia.

Passeios de grupos e um extenso programa de seminário de educação política aprimoram a oferta.

Informações para grupos escolares

A área do memorial é acessível durante todo o ano. Aos grupos escolares são oferecidas excursões, seminários, bem como passeios de bicicleta de três a quatro horas ao longo do antigo corredor fronteiriço entre abril e setembro. Os alunos maiores de 16 anos de idade podem participar em conversações moderadas com testemunhas contemporâneas. São oferecidas ações de formação para professores mediante solicitação. Todas estas ofertas são gratuitas para grupos escolares. É necessário efetuar uma inscrição por telefone.

Infobox

Bernauer Straße 111
13355 Berlin Mitte
Tel.: 030 – 467986666

infoatberliner-mauer-gedenkstaette [dot] de

Javascript is required to view this map.
To: Bernauer Straße 111
13355 Berlin

entrada franca
visitas guiadas: preço normal de entrada 3 €, aluno (além de liceu ) entrada franca
seminário: preço normal de entrada 5 €, aluno (além de liceu ) entrada franca

abril-outubro9:30-19:00
novembro-março 9:30-18:00
sempre TER - DOM