Portão de Brandemburgo

Portão de Brandemburgo

Um símbolo de união

Brandenburger Tor – © Scholvien
Brandenburger Tor – © Scholvien
Brandenburger Tor – ©Hotel Albrechtshof Berlin

Ao passo que antigamente o único portão conservado da cidade de Berlim representava especialmente a separação da cidade entre o leste e oeste, desde a queda do muro ele passou a ser o símbolo da unidade alemã. Além disso, esta construção de arenito é um dos mais belos exemplos do classicismo alemão.

O portão de entrada construído no período de 1788 a 1791 de acordo com os planos de Carl Gotthard Langhans é modelado segundo os Propileus da Acrópole de Atenas. Seis colunas dóricas são apresentadas de ambos os lados das vigas transversais com 11 metros de profundidade, formando cinco passagens. Em 1793, a quadriga desenhada por Johann Gottfried Schadow foi colocada sobre o portão que, no sentido do centro da cidade, aponta para oeste.

De acordo com uma decisão do senado de Berlim, o Portão de Brandemburgo está fechado ao trânsito, bem como para ônibus e táxis desde outubro de 2002.

Praça Parisiense "Pariser Platz"

A "Pariser Platz" é considerada como "a zona chique" de Berlim e ao mesmo tempo como um dos mais belos locais da capital. Em torno da Praça foram construídas residências elegantes, embaixadas e o luxuoso Hotel Adlon.

Os edifícios Haus Liebermann e Haus Sommer, construídos à esquerda e à direita do Portão de Brandemburgo, foram concebidos como gêmeos, cuja arquitetura assemelha-se aos exemplos históricos do construtor prussiano Friedrich August Stüler. O edifício do Dresdner Bank seguiu as convenções do projeto arquitetônico da Pariser Platz, sem usar meios estilísticos historiadores. Próximo às embaixadas da França e dos Estados Unidos, encontram-se outras duas instalações proeminentes neste local histórico.

Infobox

Pariser Platz
10117 Berlin MITTE

Javascript is required to view this map.
To: Pariser Platz
10117 Berlin